Destilação dos Óleos Essenciais

Alguns fatores importantes que influenciam na qualidade dos óleos essenciais são o método e os cuidados utilizados no momento da destilação.

O método mais comum para obtenção dos óleos essenciais é conhecido por destilação á vapor.

Neste processo não são utilizados solventes químicos. Porém, não é uma questão de simplesmente destilar. Existem diferentes técnicas, algumas utilizando alta pressão ou calor elevado para acelerar o processo (resultando assim em um óleo de pior qualidade).

A melhor forma de se destilar é através da destilação lenta em fogo baixo.

Isso resulta em uma extração mais completa, com aromas mais ricos e um óleo mais fino em relação aos destilados de outra forma.

Já os óleos cítricos em geral, não são destilados. Para obtenção destes óleos é utilizado o processo de prensagem à frio.

Este processo deve ser à frio para proteger a casca delicada dos cítricos contra os efeitos do calor, que poderia prejudicar a qualidade dos óleos.

Para flores delicadas ou plantas medicinais específicas deve-se utilizar diferentes formas de extração por solvente, resultando em um produto conhecido como Absoluto.

Neste método é importante evitar a utilização de certos solventes tóxicos e assegurar que todo o solvente seja removido de forma limpa no produto final.